terça-feira, 20 de março de 2012

Se tu o dizes

Não digas muitas vezes que não prestas, que és má pessoa, na esperança de que te contrariem e te encham de elogios. Não vai acontecer. As pessoas só se dão ao trabalho de esmiuçar quem se tem em boa conta. Aí sim, vão querer escavar-te a alma, procurar um defeito, um erro, um passo dado em falso. Vão seguir-te com os olhos, vão beber cada palavra tua, e esperar ansiosamente pela falha, aquela falha que os vai fazer gritar de orgulho por poderem provar que, afinal, não és tão bom quanto dizes. Mas o contrário? Esquece. Se dizes que não prestas, vão acreditar em ti, ou nem vão querer saber. Vão achar que sabes do que falas, encolher os ombros e limitar-se a murmurar um "se tu o dizes...".

26 comentários:

  1. Lembra-me a máxima do "se não gostarmos de nós, quem gostará???".
    Pessoalmente, não serve de nada uma pessoa subvalorizar-se, a não ser que se tenham nessa conta,por alguém lhes ter feito sentir isso.É que também existe essa gente, que nos faz sentir mal, e nos consegue fazer acreditar que não prestamos,ou que não somos nada.

    ResponderEliminar
  2. clap clap clap :)
    (e alimentar o ego de alguém que o pede no tom "coitadinho" é coisa que me dá urticária)

    ... gosto muito das tuas divagações pah ...

    ResponderEliminar
  3. Assino por baixo porque concordo com tudo o que escreveste!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Por acaso....
    existe assim uma mão cheia de pessoas dramáticas e super negativas para elas próprias...
    diria eu que têm necessidade de elogios vindos de nós...

    eu pessoalmente... quando sou boa sei que fui boa...
    por outro lado.... quando fiz algo que nem lembra a ninguém... também sei ser crítica comigo própria...

    procurar reconhecimento externo foi algo que deixei de fazer há muitos anos ...

    ResponderEliminar
  5. É a natureza humana no seu pior...

    ResponderEliminar
  6. Mas existe por aí uma filosofia barata que ensina o contrário. Que quanto mais "não presto" saírem da boca de um homem, mais vontade algumas mulheres têm em se aproximarem.
    Não sei quem começou com isso, mas conheço alguns gajos assim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. trollofthenorth, neste caso nem me refiro a um homem e nem a esse tipo de aproximação. Mas, e pegando nesse assunto, acho que aí é capaz de entrar aquela mania que certas pessoas (nesse caso, mulheres) têm de achar que vão conseguir mudar o bad boy. Se há coisa que eu já aprendi há muito tempo é que ninguém muda ninguém. Sinceramente, um homem que diga repetidamente que não presta, só por isso, já não presta.

      Eliminar
  7. Cada vez mais acredito nisso...e é tão triste!!!

    ResponderEliminar
  8. só tenho duas palavras: Muito Bom!

    ResponderEliminar
  9. Agora é que disseste tudo! Infelizmente é bem verdade...

    Beijinho ♥♥

    ResponderEliminar
  10. Acho que todos nós ignoramos gente assim, especialmente se for constantemente. Tenho é pena, pois revela muita insegurança e dependência. Adiante. Como dizia a outra "se eu não gostar de mim, quem gostará". Mau mesmo, é gente que se sobrevaloriza. :D

    ResponderEliminar
  11. Olá, desafiamos-te a escrever uma história para fazer parte do nosso livro. Estamos mesmo mesmo a começar, faz parte deste projecto ♥

    ResponderEliminar
  12. Olha que não... olha que não!!
    Acredito que ainda há muita gente boa.
    A sério que acredito.

    Beijos,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. mfc, acho que não entendeste o que quis dizer. Claro que existe gente boa, não tenho qualquer dúvida disso. O que eu quis dizer é que há muita gente que se diz má pessoa no intuito de chamar a atenção e pedir elogios, o que pode causar o efeito contrário, o da indiferença. Por outro lado, e ironicamente, quem se tem em boa conta é que acaba por ser alvo de uma certa desconfiança.

      Eliminar
    2. Tens toda a razão na chamada de atenção.
      Beijos,

      Eliminar
  13. Bem verdade...e quem muito repete acaba por se convencer a si e aos outros. A repetição tende a cansar!
    Beijo

    ResponderEliminar
  14. Não gosto de ouvir "coitadinho"
    Quando sei e penso que tou certo.. digo com toda a franqueza... se não souber ou se tiver mal.. digo também que não sei... mas digo de uma forma directa para não começarem a dizer coitadinho pobrezinho :)

    ResponderEliminar
  15. Olá :)

    Estou de volta com um blog novo pois não consegui recuperar o antigo.

    Nunca devemos menosprezar aquilo que somos. E dar o rótulo de coitadinhos a nós mesmos é a pior coisa que podemos fazer.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. É verdade. Já lá vai o tempo em que as pessoas davam elogios sinceros. Hoje, no meu ver, é tudo à base da graxa, ou para rebaixar. Beijoca

    ResponderEliminar
  17. Por estas coisas é que eu gosto de ler o teu blog. Sabes como as coisas funcionam e colocá-las por escrito de uma forma muito "tu cá, tu lá" =P Não concordo inteiramente que uma pessoa ande à procura das falhas nos aparentemente perfeitinhos, mas sem dúvida que quem se encolhe demais a si próprio também repele o outro!

    ResponderEliminar